domingo, 17 de maio de 2015

B-1B Lancer


                     

                                            " The Bone "









Reconhecendo a necessidade urgente de desenvolver um avião capaz de penetrar as defesas soviéticas, a USAF deu início a uma série de estudos que, finalmente, levaram ao Rockwell B-1A, em 5 de junho de 1970. Foram encomendados 7 aviões: 5 para testes de vôo e 2 para testes estáticos e de fadiga de materiais. Logo ficou claro que o B-1A era na época a prioridade número um da USAF no que se referia à alocação de verbas de orçamento, pois não duvidavam do poderio do avião.

Cockpit


Em dezembro de 1971 ficou pronto um modelo do B-1 A em tamanho natural. Neste já se apresentavam algumas das características notáveis do avião: um sistema de ejeção baseado numa cápsula, asas de geometria variável e um elaborado radar de mapeamento. 



O primeiro B-1 A saiu da fábrica 42 da Rockwell em Palmdale, Califórnia em 26 de outubro de 1974. Era todo pintado de branco; um longo tubo de pitot listrado de branco e vermelho projetava-se do nariz. O vôo inaugural ocorreu em 23 de dezembro de l971, sob o comando de Charles Bock. O Comando Aéreo Estratégico passou à fase de planejar a compra de 240 exemplares do avião, que se tornariam operacionais em 1982.



Com o surgimento da demanda por uma nova plataforma no início da década de 1980, a aeronave ressurgiu como versão B-1B, priorizando a missão de bombardeio por penetração a baixa altitude. O B-1B entrou em serviço em 1986 com o Comando Aéreo Estratégico da USAF, com a função de bombardeio nuclear.



Apelidado de "The Bone", o B-1B é um de longo alcance, multi-missão bombardeiro convencional, que serviu a Força Aérea dos Estados Unidos desde 1985. Originalmente concebido para capacidades nucleares, o B-1 mudou para um combate exclusivamente convencional papel em meados de 1990. O B-1 foi quase continuamente implantado em operações de combate sobre Afeganistão e no Iraque desde 2001.



O B-1B Lancer - um dos aviões de guerra, comprovadamente, o mais versáteis da história dos Estados Unidos é de 30 anos e continua forte. O primeiro foi entregue à Força Aérea na Base Aérea Dyess no Texas em 1985 e ao longo dos anos, a B-1 mudou com os tempos para atender às necessidades das forças armadas.


Pesquisa: silveira
Fontes: http://pt.wikipedia.org/Fotos: www.google.com.br Vídeo: www.youtube.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário