domingo, 3 de maio de 2015

North-American T - 6





                                             North-American T- 6






NA T-6 United States Army Air Forces


O North-American T-6 é um avião monomotor, de trem de aterragem convencional, retráctil, com roda de cauda, destinado à instrução e ao treino de pilotos, e também utilizado em combate em diversos cenários como a Segunda Guerra Mundial, a Guerra da Coreia e, mais recentemente, a Guerra do Ultramar Português.

Cockpit T-6


Em 1936 a Marinha dos Estados Unidos encomendou cerca de 40 aviões à North American Aviation para instrução dos seus pilotos. O protótipo desta aeronave recebeu a designação de fábrica NA-16.

Quando a II Guerra Mundial começou, a Força Aérea dos Estados Unidos dispunha de mais de 2.000 T-6 em serviço.

North American T-6D, PT-TRB, que pertenceu à Esquadrilha da Fumaça e posteriormente foi doada ao maior piloto de T-6 do mundo em horas voadas, o lendário Coronel Braga. Esta aeronave estava no Rio de Janeiro, foi desmontada, embarcada em um caminhão para Pirassununga e montada pelo Soldado Sildemar no hangar da Esquadrilha da Fumaça, local onde ela vai ficar exposta ao público.


Em 1947, foi escolhido para a instrução básica de pilotagem. Em 1948, com nova designação, o T-6G Texan tinha depósitos com maior capacidade, novo painel com melhores instrumentos de navegação, etc.

T-6 FAB


No Brasil, a nacele do piloto foi modificada pelo piloto veterano da Segunda Guerra Mundial Pedro de Lima Mendes. O T-6 vinha causando muitos acidentes aéreos no Brasil, e em muitos deles o piloto não conseguia saltar por não conseguir expelir a nacele. Vendo isso, Lima Mendes projetou um novo tipo de nacele para o T-6, enviando o protótipo para a North American, cujo modelo passou a ser usado no mundo todo. Porém, em 1947 Lima Mendes morreu em acidente aéreo envolvendo dois T-6, não conseguindo saltar por um problema na nacele que criara.

T-6 FAB


A Força Aérea Brasileira operou a versão AT-6D entre 1947 e 1976. O T-6 serviu à FAB por 34 anos, foi fabricado sob licença no Brasil entre 1946 e 1951 na fábrica de aviões de Lagoa Santa, Minas Gerais. No total, 81 unidades foram produzidas em Lagoa Santa, somando-se ao total mundial de 15.495 aviões. Foi utilizado em missões de treinamento avançado, tiro, bombardeio, patrulha e demonstração aérea. Esta última, na equipe de demonstração aérea da FAB, a Esquadrilha da Fumaça, onde efetuou cerca de 1.270 apresentações ao longo de 23 anos de serviço ativo. Com o avião a esquadrilha exibiu-se em todos os Estados brasileiros e no Uruguai, Paraguai, Argentina, Guiana,Venezuela, Panamá e Guatemala. Falar do T - 6 que é uma Lenda mundial, aqui no Brasil, obrigatóriamente devemos falar de outra Lenda: o Cel. Av Braga, que dizia que ele e o T - 6 eram apenas "um".

Nesta ocasião Braga ainda era Capitão


O Museu Aeroespacial tem em seu acervo a aeronave matrícula FAB 1.552, voada pelo Coronel Antônio Arthur Braga, recordista mundial de horas de voo em aviões T-6 e comandante da Esquadrilha da Fumaça. Prova sua robustez e eficiência até hoje ser empregado em demonstrações acrobáticas, executando manobras de precisão e alto desempenho em vários cantos do planeta.




Pesquisa: silveira

Fontes: http://pt.wikipedia.org/wiki/North-American_T-6/ http://ninja-brasil.blogspot.com.br/
Fotos: www.google.com.br/ Vídeo: www.youtube.com




<

Nenhum comentário:

Postar um comentário